Certa Vida.

0 Comments

Certa vida existia e era vivida sem sentido. Onde permanecia a solidão; o insolúvel. Quando a voz caminhava lenta e os sonhos eram tão banais. É nesse instante que você soube que eles não poderiam ser você, que isso tudo estava preso demais. porque tem vidas que simplesmente não valem a pena serem vividas. As recompensas não valem o preço da dor de todos os dias. As coisas são sempre assim . . . Tudo passa e o que fica é o que ninguém faz questão de lembrar . . . É aquilo que machuca as novas vidas, colocando um 'se' nesse cruel eternidade.


You may also like

Nenhum comentário: