O Cordão

0 Comments

Caminhando a passos cautelosos para não despencar. Eu vou devagar para não ter vacilos, para não temer o pior.
Quando eu olhei para o chão vi que não tinha onde firmar meus passos. A vida acenava dando adeus à uma malabarista em cima do abismo.
Nossa ligação foi cortada hoje quando percebemos que não havia mais amor. Então você se foi carregando malas mas esqueceu o paletó antigo de lembranças. O cordão me seduziu...
Disse que nele podia caminhar. Disse que dele eu podia fazer acessório e enfeitar meu pescoço, enrolando para aliviar.  Eu não temi. Você me empurrou para o escuro, então agora eu terminarei com o resto. Agora... vou apertar o nó do cordão e dar adeus à todas as coisas.


You may also like

Nenhum comentário: