Vivendo a Vida Errada

0 Comments
Os anos me provaram que estou seguindo errônea. Os dias que eu vivo são complicados e pertubadores. As horas seguem me enganando e iludindo. Os segundos aqui já não estão mais.
A certeza que eu carrego nos ombros é que existem coisas fora do lugar. A vida que eu sigo está intricada num mar de sofreguidão. Simplesmente estou transitando num destino que não se encaixa com o que trago no peito.
As escolhas não sou eu que obtenho. Eu já não tenho mais importância alguma aqui neste universo. Porque os sonhos que eu sonhei para mim nunca serão reais. Porque certas forças conspiram contra meus pequenos desejos. Porque aqui eu apenas desempenho um papel, já que não tenho nada para chamar de meu.
Afogo-me nos fatos.... vejo os outros conseguindo algo, mesm que singelo; enquanto eu permaneço estática nessa trajetória sozinha.
Sinto uma dor imensa ao me deparar com a verdade de que minha vida é um nada, errada; sem nada de que eu possa me orgulhar. O tempo passa levando embora as oportunidades que eu tanto queria para mim. Estática a vida segue...
Em minha história não há nada marcante, nenhum progresso, nenhuma trégua da dor que me segue desde sempre. Em minha vida não há nenhum grande momento feliz.
As coisas não se encaixam, os planos se desencontram da realização. Tudo permanece no talvez. tudo deixado para muito depois. Os sonhos se vão e não voltam mais.
Então eu fico esperando que um dia minha vida encontre com o rumo certo e as coisas façam sentido. Permaneço esperando que o "dia feliz" chegue... finalmente.


You may also like

Nenhum comentário: