O Destino Ruiu

2 Comments
   O destino ruiu como o chão de terra seca do deserto, ao som da serpente que rasteja venenosa para sua cova. Dois caminhos que se separam dolorosos deixando para trás a dor que grita de seu coração; como o frio do gelo, as vidas foram quebradas, o amor foi para o escuro apartado, longe e enterrado numa maldição.
   Poderia ter sido, mas não foi. Não tem sido fácil esquecer, mesmo que deveria, e pior que a certeza do não é a dúvida do talvez. Saber que hoje poderia ser diferente do que é, torna-se meu calvário diário, o mundo é um estandarte de escárnio de minhas falhas, as lembranças são fantasmas que noite e dia me perseguem.
   Hoje são dois rios separados, o amor jogado ao vento, enquanto o ódio ainda se importa e a indiferença me faz companhia. Nada do que eu possa fazer mudará minha derrota antes da luta, estou vendo os dias cantarem minha solidão e o tempo levar, pouco a pouco, o resto de esperança que eu ainda tinha dessa história dar certo.


You may also like

2 comentários:

  1. "Poderia ter sido, mas não foi."
    Duro. DX Mas quem sabe seja melhor assim, Ari... Quem sabe...

    E também estou com saudades de você, sua sumida! Embora eu não possa falar nada. ;X

    ResponderExcluir
  2. Não está sendo muito difícil me fazer chorar hoje, mas acho que prefiro me convencer de que a causa são essas suas palavras, e não a minha dor.

    ResponderExcluir