Pobre Coração

4 Comments

   Pobre diabo de coração, inconsolável é tua dor e esta mágoa que te afoga é sem remédio. O corpo que te vela já não guarda repouso, dentro d'alma falta uma paz.
   Estes passos, que vagueiam cansados pela solidão, carregam oh ti, pobre coração, por um estranho oceano de vazios.
  A fera que corre em teu encalço devora todo o amor, e a tristeza, furtiva, rouba tuas lembranças, coração desvalido.. ouça meu suplício, e pare de bater.


You may also like

4 comentários:

  1. \o/ Ah tava sentindo falta das suas postagens..
    Amei o post...

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. É bom que tenha voltado. Fico feliz e, como sempre, inebriada por tais palavras que sempre dizem a verdade que apesar de escrita nos olhos, é tão difícil de se ver.

    ResponderExcluir
  3. Você voltou, Diva! *-*
    Estava sabendo notícias suas apenas pelo Léo, isso não é legal ♥

    ResponderExcluir