Esperar

5 Comments
 
   Diante dos olhos meus a vida passa apressada, enquanto vejo os dias darem adeus, perco o meu tempo com a solidão. Estou presa no vagar das horas, queimando por dentro com o vazio que esparsa. Parada num terminal, à espera de alguma salvação ...

   Meu destino é viver em morte, seguindo lânguida por campos que perecem,  pois o amor é uma batalha perdida. Eu não lutei porém fui vencida, e agora esmoreço, ferida, nessa dor. Meu tempo se esgota enquanto os ventos não mudam, os dias são fantasmas que correm em meu assombro. Enquanto a vida se pinta de cinza, enquanto o coração pulsa vagaroso em tristeza, eu me desespero cansada de esperar.


You may also like

5 comentários:

  1. ...Então pare de esperar. Você ainda pode escolher entre ficar parada, voltar atrás ou sair correndo (':

    ResponderExcluir
  2. Não perca o tempo esperando por ele, mas deixa o tempo esperando por ti e o deixa que o lhe perca!

    ResponderExcluir
  3. Ótimos textos, parabéns! Gosto bastante da forma que você escreve e do seu espaço. Convido-lhe para ver o meu também. Abraços!

    Diogopensamentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ah! que lindo!!
    Que jeito delicioso e ao mesmo triste de narrar seus sentimentos.
    Amando este lugar!
    Me identificando...
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir