Supplicare

1 Comments
   

    Querido, me queira de verdade. Queira mais que meu corpo e minha vaidade. Me tenha como seu amor e me traga de novo à vida. Querido, não quebre meu coração, não machuque de novo o peito. Me ame sem fingir. Eu sei que você ainda pensa nela, porque eu ainda amo meu ex-amor. Mas agora temos um ao outro, então mergulhe-se em mim.
    Tem doído mais somente quando contemplo seus olhos distantes e pensativos, como outrora os dele também foram. Talvez eu não seja mesmo boa o suficiente para nenhum.
   Então agora vamos até o fim, antes que nossos fantasmas nos destruam. Eu  te quero junto à mim no horizonte, me dê tua mão, me deixa ser tua, pois já não caibo mais em ninguém. Me deixa caber em ti. Me deixa ficar sem planos e sem preço.
    Baby, eu gosto do que temos. Me faz esquecer, me embriaga nos teus beijos, me faz o torpor, a dor de seguir adiante com outro alguém. Nós dois sabemos como isso termina, nós sabemos que somos passageiros, eu sei que não sou ela, você sabe que não é o meu.
    Mas garoto, eu só te peço que fique o tempo que puder ficar. Que me dê noites felizes antes que  parta de uma vez. Eu sou estilhaços de vidro, então me quebre um pouco mais. Esse peito rasgado não vai se incomodar de sangrar mais um pouco. Mas querido, eu só te peço que fique agora...
    Me dê um pouco de seu amor enquanto em troca eu passo seu tempo. Seja meu placebo, seja até onde eu puder suportar. Ele está voltando para me ferir, a vida está me empurrando de volta, mas se você estiver agora, seus braços tornem o escuro mais claro.
    E até o fim do verão quem sabe você possa ficar de vez em mim.


You may also like

Um comentário:

  1. "Qualquer maneira de amor vale a pena
    Qualquer maneira de amor vale amar"

    Que diferente! Que original! Adorei! Nunca li nada parecido no estilo, amor incondicional. Só nos determinamos nossos limites e dispomos, realmente, de nossas vidas, o resto é plano, convenção social, e o que determinam que devamos ser.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir