Maleficarum

3 Comments
  

    Nunca passa. Ainda que eu me esqueça, ainda que eu sorria, ela nunca vai passar. Ainda que amanhã eu  acorde e já nem recorde, ela logo voltará. Nunca passa, nunca passa porque Ela sou eu, e eu sou parte dela.
    Ainda que as lágrimas adquiram voz e gritem até assombrar  o mundo, ainda que eu escreva para extinguir a dor até meus dedos sangrarem, ainda que eu corte quem me corta, ainda que eu bata quem me bate, ainda que eu mate quem me mata... ainda assim nunca vai passar.
   Não há choro que console, não há raiva que reprima, não há dor que se amenize, não palavra que defina. Não existe nada na Terra que explique o tamanho e a fundura do buraco na alma, e não há percurso que eu percorra nem morada que eu construa que me proteja dessa miséria.
    Nunca passa! O tempo, até ele tem passado, mas Ela nunca passa. Não há um dia em que ela não me alcance, não há um esconderijo em que ela não me descubra, não felicidade que ela não esmague, não há calor que ela não congele, não há amor que ela tolere, não há paz que ela não perturbe.
    Nunca passa! Essa tristeza demoníaca e satânica que me humilha, zomba, destrói e me arrasa; essa personificação animalesca e amaldiçoada em forma de mulher, nunca passa. Ela nunca passa, nem nunca passará, nem quando as trevas da morte e do inferno a acolher, ela nunca vai passar.
     


You may also like

3 comentários:

  1. Você escreveu o que todo mundo queria poder escrever e postou no seu blog.
    Meu... parabéns, sério.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Ariane.. a tristeza, solidão e tudo que vem com elas são realmente dificeis de lidar.. por vezes elas nos transportam.. tudo é vibração.. pq temos que escolher este caminho se tem outros tantos muito mais alegres.. coloquei muitas tristezas em versos.. deu alguns livros só delas.. mas elas passam sim.. não estamos aqui para mergulhar fundo mas sim para nos elevar as alturas.. e podemos tudo.. bjs de bom dia

    ResponderExcluir
  3. Muito joia coração!!
    Parabéns!! ♥

    ResponderExcluir