Migalhas

4 Comments
    
     Eu to cansada de tentar achar resposta, de reunir esforço para compreender esse teu mau jeito, esse teu desleixo, esse teu devir. Bem exausta para buscar impulso em me atirar mais uma vez nesse amor sujo, de tentativas cegas, e me perder no teu cínico discurso.
   O meu amor está manchado, está marcado pelos erros que tu cometeu. Minha vontade virou pó, agora é cinza de tudo aquilo que me prometeu. Nossos olhos não se encontram mais com o mesmo brilho, nossos corpos não tem mais viço, a plenitude se perdeu.
    Estamos seguindo direções diferentes existencialmente, e direções diferentes no amor. Você, cheio de si, ocupado com os planos irrealizáveis; você, livros e inteligência e altivez; você, tão fechado em si mesmo, em ser o melhor, seu ego tem falado tão mais alto que já não és mais capaz de ouvir minha dor.
   Você cresceu tanto que agora já não me enxerga tentando alcançar tua mão aqui em baixo e quanto mais tu corres e foges de encarar o fim, mais o monstro que eu enxergo em ti aumenta em mim. Você espalha migalhas de um amor miserável e eu vou seguindo, você veste uma armadura impenetrável de não se deixar afetar e eu infame permaneço fingindo.
   Quanto mais eu te peço mais, menos você me dá, e quanto mais eu suplico e lamento, menos você quer ouvir. E quanto mais os outros  eu invejo, menos você tem feito para mudar, e quanto mais eu desisto, menos ainda você tenta salvar.
   Eu não sei o que fomos, sei que hoje já não somos mais. E se um dia houve amor, ficou para traz, porque nos tornamos estranhos num ninho sem paz.


You may also like

4 comentários:

  1. Teus textos têm uma música, uns castelos arruinados sob céus tão fechados que sempre acolhem essa tua alma perturbada...
    Que bom ler dois posts em o quê: duas semanas...?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Linniker, parece estranho, mas acho que agora estou mal o suficiente para PRECISAR escrever, é o que me resta.

      Excluir
  2. Ariane, talvez ele tenha entendido, mesmo depois de tanto tempo, que és a pessoa que ele amou. A vida é feita de fases, esse momento que vocês pessaram ficou lá atrás. Ele deve ter algo pra te falar, e tudo isso que tu relata no texto, ficou no texto. Beijos mulher. Ah sim, ia me esquecendo...se existiu amor, há algo que vive. Ou em você, ou nele. Não desista do amor, mulher.

    ResponderExcluir